terça-feira, 6 de maio de 2014

Secretaria de Transporte e Trânsito (Settrans) explica como ficará ônibus no centro Cotia

Transporte Público: restrição no centro de Cotia preocupa usuários

Um Decreto que entra em vigor no próximo dia 1º de junho, está gerando preocupação nos usuários do transporte público que trafegam pelo centro de Cotia.
Por Fau Barbosa
Segundo o Decreto de nº 7911, assinado no último dia 25 de abril, fica vedada a circulação e o trânsito de ônibus, micro-ônibus e vans de linhas regulares de transporte coletivo intermunicipal e veículos destinados à atividade de fretamento, no centro de Cotia, de segunda-feira à sábado, no período das 8h00 (oito horas) às 20h00 (vinte horas).
A população questiona como fica o transporte de quem vai até bairros como o Atalaia e o Mirante da Mata, cujos ônibus circulam pelo centro.
A reportagem do Portal Viva conversou nesta terça-feira(6), com o Secretário de Transportes e Trânsito, Silvio Leme.
Ele explicou que o objetivo da medida é por conta do aumento do número de linhas intermunicipais circulando na região e para ter maior controle dos acessos de fretamentos na cidade. "Existem muitas linhas do intermunicipal com demanda muito alta, e essas são as que vão sofrer algum corte", ressaltou, citando entre elas a Viação Miracatiba e a Viação Osasco.
Segundo o secretário, de acordo com o parágrafo único do decreto, "ficam ressalvados da vedação os casos específicos expressamente autorizados pela Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito". Isso significa que haverá transporte no centro, porém de forma controlada.
"Vamos ver as demandas e autorizar o transporte coletivo na região central somente conforme a necessidade", explicou. "Os demais serão direcionados ao Terminal, que é destinado para esse fim", ressaltou.
Ainda de acordo com o Secretário, a assinatura do contrato de concessão para prestação do serviço de transporte público, ocorrida no último dia 30, deve aumentar o número de ônibus na cidade (leia logo mais a matéria do Portal Viva falando à respeito).

A restrição
De acordo com o Art. 1º do Decreto, a partir de 1º de junho, fica vedada a circulação e o trânsito na área que compreende os seguintes logradouros:

- Rua Senador Feijó;
- Rua Amador Antonio Passos;
- Rua Guido Fecchio;
- Rua Dez de Janeiro;
- Rua Dois de Abril;
- Rua Teodomiro Castro Pedroso;
- Rua José Bruno;
- Rua Moisés Awada;
- Rua Nicolau Esppinosa Linhares;
- Rua Silvio Pedroso;
- Avenida Nossa Senhora de Fátima;
- Rua Benedito Lemos Leite;
- Rua Engenheiro Leon Psanchevich;
- Rua Ovídio Antonio Passos;
- Rua Roque Savioli;
- Avenida Antonio Matias de Camargo (parcial).

Fonte: Portal Viva, por: Foto: Fau Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, Reclamações, Elogios, Comentários e Perguntas