segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Uso do Cartão BOM com desconto gerou economia de R$ 1,3 milhão


Cartão BOM
Ônibus intermunicipal. Cartão BOM já garantiu R$ 1,3 milhão de economia para passageiros após desconto de R$ 1,35 por viagem na integração com trem e metrô. Foto: Adamo Bazani


Uso do Cartão Bom com desconto soma economia de R$ 1,3 milhão
De acordo com empresa que administra o bilhete, desde quando o desconto de R$ 1,35 por sentido de viagem foi aplicado, mais de 1 milhão de passageiros fizeram uso das transferências
A empresa Promobom Autopass, que administra o Cartão BOM, e o Governo do Estado de São Paulo, fizeram um balanço sobre a integração com desconto de R$ 1,35 entre ônibus intermunicipais na Grande São Paulo, contando também com o Corredor Metropolitano ABD, operado pela Metra, e os serviços da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos e o Metrô.
De acordo com o balanço, desde que foi implantada a integração, no dia 30 de agosto, foram realizadas aproximadamente um milhão de viagens que contemplam no trajeto os ônibus e o sistema metroferroviário.
Isso permitiu uma economia acumulada de R$ 1,3 milhão ente os passageiros.
A integração com desconto é possível na transferência entre os ônibus , metrô ou trem num período de três horas.
Por dia, contando com desconto de R$ 1,35 por sentido de viagem, o passageiro pode economizar R$ 2,70. Mas nem sempre o passageiro que faz uso da integração na ida, realiza também na volta, por isso o acumulado de R$ 1,3 milhão.
O desconto de R$ 1,35 é válido independente do valor da passagem do ônibus intermunicipal, que varia de acordo com a extensão da linha e o tipo de serviço (seletivo ou comum).
Por exemplo, um passageiro que sai de Diadema usando a linha da Metra 287 (Diadema / Santo André Oeste) pelo Corredor Metropolitano ABD e depois pega a linha 10 Turquesa da CPTM em Santo André, antes pagava R$ 6,20 nas duas conduções (R$ 3,20 – Metra + R$ 3,00 – CPTM).
Agora, com o desconto, passa a pagar R$ 4,85.
O desconto é para as modalidades Vale Transporte, Comum e Empresarial.
JÁ PARA O IDOSO…
A mesma facilidade com o Cartão BOM não é ainda sentida pelos idosos, com idades entre 60 e 64 anos, que possuem direito à gratuidade.
Antes somente mulheres com esta idade não pagavam passagem, mas em 02 de julho o governador Geraldo Alckmin regulamentou a lei que garante transporte gratuito independentemente do sexo do passageiro.
O Cartão BOM Sênior que deveria ser emitido para este público desde 07 de julho ainda não tem sido confeccionado.
A empresa e o Governo do Estado alegam problemas técnicos para a emissão.
Muitos idosos tiveram o embarque negado por motoristas de ônibus e agentes de terminais.
A EMTU diz que a prática é irregular e que o idoso a partir de 60 anos deve ser transportado gratuitamente apenas com a apresentação do RG.
Se a empresa negar o transporte, deve ser denunciada:
O telefone da EMTU é: 0800 724 05 55. O atendimento é de segunda-feira a sexta-feira das 7 horas às 19 horas.
O passageiro deve informar os seguintes dados:
– Número do ônibus ou local da catraca do terminal que foi negado o embarque.
– Nome da empresa de ônibus.
– Linha Utilizada
– Sentido da Viagem
– Horário da negativa do transporte.


Fonte:  por: Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, Reclamações, Elogios, Comentários e Perguntas