quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Secretaria de Segurança cria comissão para averiguar e prevenir ataques a ônibus em São Paulo


ônibus

Vão fazer parte órgãos de segurança e de transporte
A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo decidiu criar uma comissão para investigar os ataques a ônibus.
A decisão foi tomada depois que a categoria paralisou 29 terminais de ônibus na cidade de São Paulo num protesto contra a violência.
A comissão será formada pela Polícia Civil, Polícia Militar, Guarda Civil Metropolitana (GCM) e SPTrans.
A secretaria de segurança pública também informou que as polícias vão se dedicar mais para prevenir e investigar os ataques.
Nesta quarta-feira, os terminais foram fechados por cerca de duas horas.
O estopim para a revolta dos profissionais de transporte foi a morte do motorista da Viação Santa Brígida, em 22 de outubro, John Carlos Soares Brandão. Ele dirigia um ônibus da linha Jaraguá – Vila Madelena, no dia 18 de outubro, quando o veículo foi atacado por um grupo de criminosos. Ele não resistiu aos ferimentos e morre com mais de 70 por cento do corpo queimado.

Fonte: ,por: Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, Reclamações, Elogios, Comentários e Perguntas