terça-feira, 7 de abril de 2015

SP: Trabalhadores protestam contra fim da obrigatoriedade do cobrador de ônibus

Concentração será nesta terça-feira (7), na sede do Sindicato dos Condutores de São Paulo, a partir das 14 horas; trabalhadores seguirão em passeata até a Câmara Municipal

Sindicato protesta contra a Lei 16.097/2014, que desobriga as empresas a manter o cobrador
Reprodução
Sindicato protesta contra a Lei 16.097/2014, que desobriga as empresas a manter o cobrador

Nesta terça-feira (7), o Sindicato dos Condutores de São Paulo irá realizar um ato em protesto contra o fim da obrigatoriedade dos cobradores de ônibus.
A concentração será na sede do Sindicato, na Liberdade, a partir das 14 horas, e os trabalhadores devem seguir em passeata até a Câmara Municipal, na Bela Vista.
A manifestação é contra a Lei Municipal 16.097/2014, que desobriga as empresas a manter o cobrador dentro dos ônibus.

Leia também:

O Sindicato dos Condutores/SP acionou o corpo jurídico da entidade que entrou com uma ação de inconstitucionalidade. Na última terça-feira (31), o Tribunal de Justiça deu parecer favorável aos trabalhadores, decidindo pela suspensão do artigo 16 da lei 16.097/2014.
Segundo o presidente da entidade, Valdevan Noventa, o Poder Público e os empresários não consideraram os reflexos negativos desta lei que penaliza trabalhadores e usuários do transporte público. “Hoje o cobrador desempenha, dentro do ônibus, outras atribuições, além da cobrança de tarifa. Ele é um agente social que inibe os puladores de catraca, faz respeitar regras como a dos bancos preferenciais, ajuda portadores de deficiência física a entrar no veículo e, além disso, é um parceiro do motorista quando o carro quebra. Este profissional é indispensável para o sistema."
“O Sindicato dos Condutores/SP quer despertar a sociedade para a importância do cobrador, mostrar um lado do transporte pouco valorizado através da Campanha 'Por um transporte mais humano, contamos com o cobrador'", declarou o presidente.

Fonte: IG São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, Reclamações, Elogios, Comentários e Perguntas