sexta-feira, 3 de julho de 2015

Senador quer mundaças: Proposta permite ao motorista de ônibus exercer a dupla-função

Bilhetagem eletrônica

Formas eletrônicas de cobrança de passagens de transporte público, geralmente pelo uso de cartão de crédito, já são usadas por 90% das cidades brasileiras com mais de 100 mil habitantes. O sistema traz conforto e segurança ao usuário, agilidade para as empresas, mas acaba com uma antiga profissão, a de cobrador de ônibus, além de fazer com que o motorista acumule mais uma função. Para regulamentar essa nova atribuição dos motoristas, o senador Acir Gurgacz (PDT-RO) apresentou um projeto (PLS 116/2015) alterando artigo da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). O texto dispõe sobre a cobrança de tarifa nos serviços de transporte público coletivo urbano pelo motorista profissional. O senador disse que a medida também protege o emprego dos antigos cobradores. No quadro Projeto em Destaque, da Rádio Senado, o jornalista Toncá Burity apresenta detalhes da proposição.


00:0002:18

Opções: Download
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Meus Comentários:
Uma proposta que vai contra a sociedade, pois além de gerar Desempregos,visa colocar em risco a vida dos passageiros, pois o Cobrador não só faz o trabalho de cobrança da passagem/tarifa e sim têm como Auxiliar o Motorista no embarque e desembarque e também no auxilio aos portadores de necessidades especiais e informações ao publico dentro do coletivos. 
Fonte: Senado Federal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, Reclamações, Elogios, Comentários e Perguntas