terça-feira, 27 de outubro de 2015

Prefeitura de Carapicuíba vai abrir mais um novo acesso à rodovia Castelo Branco


Para isso, 60 famílias foram removidas de uma área na Vila Municipal, próximo ao Fórum do município 


A Prefeitura de Carapicuíba concluiu o processo de remoção de moradores que ocupavam uma área na Vila Municipal, próximo ao Fórum. Foram retiradas, do local, 60 famílias. Com isso, os imóveis, que estão sendo demolidos, vão abrir espaço para a construção do viaduto que vai ligar a avenida Desembargador Eduardo Cunha de Abreu ao sistema Viário do Parque da Lagoa. De acordo com a administração municipal, a obra também vai abrir um novo acesso ao Tamboré e à rodovia Castelo Branco. Ele deve ser concluído em 12 meses e, a partir daí, de acordo com a prefeitura, quem trafega na região da Av. Desembargador Eduardo Cunha de Abreu com destino ao Tamboré não precisará mais passar pelo centro de Carapicuíba. O fluxo de veículos será livre, já que o viaduto não tem semáforos.
Ainda segundo a prefeitura, a remoção foi feita em etapas. Mais da metade das famílias foi atendida com apartamentos do Programa Minha Casa Minha Vida, na Vila Helena, entregues no dia 15 de outubro. As demais foram cadastradas no Bolsa Aluguel e terão custeio da moradia pago pela administração municipal até que seja concluído o conjunto habitacional do PAC Cadaval, que está em obras na Estrada do Pequiá.

A construção do viaduto faz parte de um pacote com outras quatro obras de mobilidade urbana que estão em andamento simultaneamente no centro de Carapicuíba. Um delas, batizada de projeto Novo Centro, já incluiu a abertura do túnel da avenida Mário Covas e está em fase final, com a construção do Terminal Municipal de ônibus, passarela que liga o Calçadão à Estação Ferroviária, às faculdades e ao Parque da Lagoa, e um bulevar.

O segundo projeto em andamento é o Terminal Intermunicipal do Km 21, que serão integrado à estação Miguel Costa e vai receber linhas municipais e intermunicipais. Também está em obras o Terminal Intermunicipal do Centro, que será integrado ao Corredor Oeste, estação ferroviária e com o Terminal Municipal. Já o quarto projeto é o próprio Corredor Oeste, que vai cortar Carapicuíba e cidades vizinhas ligando Itapevi ao bairro do Butantã, na Capital. O trecho do município soma 2,2 quilômetros.


Fonte: webdiario.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, Reclamações, Elogios, Comentários e Perguntas