quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Câmara do DF aprova projeto de lei que limita número de pessoas em pé dentro dos ônibus

Suporte para bicicleta e vagão rosa também foram aprovados em primeira votação

onibus
Ônibus no Distrito Federal. Proposta quer limitar número de pessoas em pé.
A Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou nesta quarta-feira, 16 de dezembro de 2015, o projeto de lei número 96/2015 que limita o número de passageiros que podem ser transportados em pé nos ônibus da região.
De acordo com a proposta do deputado Bispo Renato Andrade, o total de passageiros em pé nos veículos pode ser de, no máximo, 50% da capacidade de cada modelo de ônibus.
Na justificativa o parlamentar diz que além de aumentar o conforto dos usuários, a medida pode evitar problemas como furtos, assédio e até abuso sexual.
Se a proposta virar lei deve entrar em vigor no dia 1º de janeiro de 2017 para adaptação das empresas. A multa é de 3 mil vezes o coeficiente tarifário.
O deputado não detalhou como será feita a fiscalização e os impactos nos custos do sistema. Ainda em relação ao transporte por ônibus, a câmara do Distrito Federal aprovou projeto de lei 234/2015 do deputado Rogério Negreiros que obriga instalação de suportes para bicicleta nos ônibus. Se aprovada, a lei deve ser implantada em 120 dias.
Em relação aos transportes sobre trilhos, a câmara aprovou projeto de lei apresentado pela deputada Telma Rufino que institui o Vagão Rosa. Um carro no metrô do Distrito Federal seria exclusivo para as mulheres nos horários de pico.
Todas as propostas devem ainda ser votadas em segundo turno e a redação final vai seguir para o governador Rodrigo Rollemberg.

Fonte: Blog: Ponto de ônibus, por: Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, Reclamações, Elogios, Comentários e Perguntas