sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Licitação da Artesp prevê mínimo de duas partidas para polos regionais e subsídios cruzados

Agência de Transportes do Estado de São Paulo realiza neste mês, audiências públicas para a licitação dos ônibus rodoviários – Acompanhe a íntegra das apresentações

onibus
Ônibus rodoviário regional. Cidades terão no mínimo duas partidas para cada polo dentro de um lote operacional.
A Artesp – Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo realiza até o dia 16 de dezembro audiências públicas sobre a licitação dos Transportes Rodoviários intermunicipais e suburbanos.
O objetivo do governo é realizar a licitação até março do ano que vem. É a primeira vez que as linhas vão ser licitadas em grupo.
O governo vai dividir os serviços em cinco lotes que abrangem 606 municípios e um lote neutro, que corresponde à capital e à Grande São Paulo com 39 cidades que serão os pontos de partida e chegada das principais linhas, mas não os únicos destinos.
O total de 645 cidades vai ser divido em capital do Estado, capitais regionais e centros sub-regionais. Durante as apresentações, a Artesp faz questão de enfatizar que cada cidade pertencente a um lote operacional deve ter pelo menos duas partidas diárias para a cidade polo de cada lote. Por exemplo, na área de operação 3, de São José do Rio Preto, Araraquara é um dos polos. A cidade de Ibitinga faz parte do polo de Araraquara, sendo assim de Ibitinga para Araraquara deve ter pelo menos duas partidas diárias.
A Artesp também destaca nas apresentações que vai haver por causa da adoção do conceito de área, subsídio cruzado, ou seja, as linhas rentáveis vão bancar financeiramente as linhas consideradas sociais. Para a agência, é uma forma de proporcionar um atendimento mais homogêneo no sistema.
O prazo de concessão é de 15 anos. As revisões dos contratos devem ser feitas no segundo, no quinto, nono, e no décimo terceiro anos de vigência.
É considerada empresa vencedora a que oferecer o maior valor de outorga.
As cinco áreas são Região de Campinas, com 104 municípios, Região de Ribeirão Preto, com 94 cidades, Região de São José do Rio Preto, com 153 cidades, Região de Bauru, com 182 municípios, e Região de Santos, com 73 cidades.
Os ônibus devem ter no máximo dez anos de produção de chassi e a idade média da frota deve ser de sete anos para linhas Suburbanas e de cinco anos para rodoviárias. Os veículos devem ter wi-fi e ar condicionado e todas as linhas serão monitoradas por CCO – Centro de Controle Operacional
ACOMPANHE A APRESENTAÇÃO NA ÍNTEGRA:
As próximas audiências são:
São José do Rio Preto
Dia 14/12, a partir das 9h30min, no auditório do DER (Av. Mário Andreaza, s/nº – Jd. São Marco. São José do Rio Preto – SP).
Ribeirão Preto
Dia 15/12, a partir das 9h30min, no auditório do DER (Av. Presidente Kennedy, nº 1.760 – Nova Riberânia. Ribeirão Preto – SP).
Bauru
Dia 16/12, a partir das 9h30min, no auditório do DER (Av. Cruzeiro do Sul, nº 1.315 – Jd. Carvalho. Bauru – SP).
CONFIRA OUTROS DETALHES DA LICITAÇÃO NESTE LINK:

Fonte: Blog: Ponto de ônibus, por: Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, Reclamações, Elogios, Comentários e Perguntas