sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Depois de 10 meses paralisadas, obras de corredor de ônibus entre Itapevi e Jandira foram retomadas

Segunda colocada na licitação assumiu a construção do corredor de ônibus entre Itapevi e a cidade de São Paulo



Corredor de ônibus deve diminuir o tempo de viagem em mais de 20% entre Itapevi e Jandira
O Corredor Metropolitano Itapevi – São Paulo também é uma das obras de mobilidade urbana que rendem uma verdadeira novela.
As intervenções do trecho entre Itapevi e Jandira ficaram paradas por 10 meses. A empresa vencedora da licitação não havia cumprido o cronograma e o contrato foi rescindido.
Nesta quinta-feira, 7 de janeiro de 2016, porém, o Governo do Estado de São Paulo informou que as obras foram retomadas e a Construtora Enpavi Engenharia, que foi a segunda colocada na licitação realizada em 2013 pelo Governo do Estado de São Paulo, assumiu a construção do restante do trecho pelo o valor de R$ 47,5 milhões.
A previsão de entrega agora é segundo semestre de 2017 e, segundo Governo do Estado, o trecho entre Jandira e Carapicuíba teve início em 2014 e tem 80% do viário concluído, faltando também as paradas, sinalização e iluminação.
trecho em obras em Itapevi -foto Carlinhos Aniceto 
A previsão é de que o trecho seja entregue no final de 2016. Já construção da ligação do Corredor entre Carapicuíba e Osasco km 21 teve início em julho de 2014 e deve ser concluída em dezembro de 2016.
trecho em obras em Itapevi -foto Carlinhos Aniceto 
O Governo do Estado de São Paulo ainda informou que estão em desenvolvimento os projetos básico e executivo do trecho entre o km 21 Osasco e Terminal Vila Yara, também em Osasco.
A EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos informou que já fez a solicitação da licença prévia para CETESB, em fevereiro de 2015, para contratar as obras, o que deve ocorrer  no segundo semestre de 2016.
Em nota, o Governo do Estado de São Paulo ainda informa a previsão de demanda de cada trecho. Pelo corredor de ônibus, devem passar 90 mil pessoas, quando todos os trechos forem entregues:
“O trecho Itapevi – Jandira possui 5Km de extensão e atenderá 10 mil usuários / dia. Obras previstas viaduto Ameríndia,  Passarela sobre CPTM, Estação de Transferência Itapevi, nova avenida com duas faixas por sentido, dez pontos de parada nos dois sentidos e calçadas compartilhadas com ciclovia, desafogando as ruas do centro da cidade e diminuindo o tempo de viagem em 20%.  O trecho Jandira – Carapicuiba – tem extensão de 8,8km e atenderá 33 mil usuários/dia. Além do viário, faz parte desse trecho o Terminal Carapicuíba, uma estação de transferência (Barueri) e sete estações de embarque / desembarque. O Trecho Carapicuíba/Osasco KM 21 está em obras tem extensão de 2,2km. Estão previstos o Terminal KM 21e duas Estações de Embarque. Já o Trecho km 21 Osasco – Terminal Vila Yara (Osasco) – está em projeto e compreende 7,6km, readequação do Terminal de Integração Vila Yara e 10 estações de embarque e desembarque. A estimativa neste trecho é de que sejam transportados 90 mil usuários por dia, considerando todo o Corredor Metropolitano Itapevi – São Paulo.”
Fonte: ,por: Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, Reclamações, Elogios, Comentários e Perguntas