terça-feira, 31 de maio de 2016

Greve de ônibus em Sorocaba é adiada. Já em Votorantim, foi confirmada

Empresas de ônibus e funcionários não haviam chegado a um acordo

onibus
Ônibus em Votorantim
Passageiros de ônibus de Sorocaba, no interior de São Paulo, devem, pelo menos nesta terça-feira, estar livres da possibilidade de greve de motoristas e cobradores de ônibus. Assim, as operações serão normais.
O Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e região informou que a Sorocaba Transporte Urbano – STU e o Consórcio Sorocaba – Consor –  e a entidade não chegaram a um consenso na audiência de conciliação realizada na manhã desta segunda-feira, mediada pelo desembargador Eder Sivers, mas que as negociações devem continuar.
“Nós voltamos à mesa de negociação com o objetivo de chegar a um acordo. Para isso, flexibilizamos as reivindicações que a categoria aprovou. Na discussão as empresas deixaram entender que o problema era a contratação de mais agentes de bordo, nós retiramos essa pauta da mesa. Daí as empresas colocaram outro item como impasse para se chegar ao acordo. Ponderamos e flexibilizamos mais esse ponto. As empresas colocaram outro impasse. Ou seja, está evidente que as empresas não querem construir um acordo”, disse o presidente da entidade, em nota, Paulo João Estausia.
VOTORANTIM:
Já em relação a Votorantim, o mesmo sindicato afirmou que houve impasse nas negociações com o Grupo São João e que a categoria retomou a greve, que deve afetar os passageiros nesta terça-feira, embora que na noite de segunda-feira, devem ser feitas mais tentativas para evitar paralisação.
Em nota, o sindicato informou que a categoria pretende respeitar frota mínima determinada pela Justiça.
O Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região informa que os trabalhadores da empresa Auto-Ônibus São João que operam o transporte urbano no município de Votorantim e intermunicipal entre Sorocaba e Votorantim retomaram no final da tarde de hoje (30) a greve iniciada no dia 25, após permanecer o impasse nas negociações da campanha salarial deste ano.
Os trabalhadores do transporte por fretamento da empresa Auto-Ônibus São João também aderiram à greve no final da tarde desta segunda-feira.
A paralisação irá respeitar liminar concedida pela Justiça à empresa, que determina a circulação de 70% da frota de ônibus em horários de pico, ou seja, das 5h30 às 8h30, das 11h às 14h e das 17h às 20h30, e 40% da frota em horários normais.
Na próxima quarta-feira (1), irá acontecer uma primeira audiência de conciliação entre o Sindicato e a empresa Auto-Ônibus São João no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), 15ª Região de Campinas, às 10h.
Paralisação no transporte intermunicipal
O Sindicato informa também que os trabalhadores em transporte intermunicipal da região de Sorocaba, que estão em estado de greve desde a assembleia realizada no dia 18 de maio, podem iniciar paralisação a partir desta terça-feira (31).
O Sindicato havia notificado de greve as empresas do Grupo São João, Viação Piracema e Rápido Luxo Campinas no dia 20 de maio, portanto o prazo de 72 horas para início de paralisação, conforme determina lei de greve, está superado.
As empresas acima citadas operam linhas intermunicipais entre a cidade de Sorocaba e os municípios de Araçoiaba da Serra, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Mairinque, Alumínio e Itu.
Fonte: por: Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, Reclamações, Elogios, Comentários e Perguntas