quarta-feira, 27 de julho de 2016

SÂO ROQUE: Ônibus circulam normalmente após acordo de empresa e funcionários

O Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região e os funcionários da
Viação São Roque realizaram uma paralisação que durou aproximadamente
50 minutos na manhã desta segunda-feira, 25, na garagem da empresa no
bairro Guaçú em São Roque.


AMPLIAR FOTO
Ônibus estão circulando normalmente em São Roque após 50 minutos de paralisação

Os veículos só começaram a rodar às 05h50. 

A negociação 

De acordo com o Sindicato, desta vez a paralisação

 foi pela cobrança do FGTS, que não estaria sendo 
depositado pela empresa para os trabalhadores,
 o pagamento de férias dos funcionários,
 além do pagamento da participação nos lucros.

Eles ainda informaram que a empresa melhore as

condições de todos os ônibus que estão velhos ou 
sucateados.

Os diretores do Sindicato estiveram nesta sexta-feira, 22, em São Roque e em

 reunião com os trabalhadores na rodoviária decidiram pela paralisação.

Na manhã desta segunda, os funcionários preferiram não fazer uma paralisação

 maior para não prejudicar a população, mas, aguardaram uma resposta da empresa.

De acordo com os funcionários, a empresa afirmou que vai depositar o FGTS,

 teria dito também que começou a pagar a participação nos lucros que vai pagar
 as férias dos funcionários que já cumpriram o benefício e agendar o pagamento
 daqueles que ainda estão para saírem de férias.

Após a conversa, o Sindicato optou por continuar com a paralisação, no entanto,

 os funcionários escolheram acreditar na empresa e voltar a trabalho servindo a população.

O Sindicato afirmou que não haverá mais negociação, atrasou e não pagou,

 haverá paralisação.

Neste momento os ônibus municipais seguem circulando normalmente.

Paralisação anterior

A Viação São Roque pagou na sexta-feira, 22, o vale-refeição aos funcionários

 da empresa que estava atrasado.

Na sexta-feira, 15, os funcionários chegaram a bloquear a saída do terminal rodoviário 

municipal com um ônibus e realizaram uma paralisação de 20 minutos. O veículo ficou 
atravessado no local.

Após um determinado tempo, os motoristas voltaram ao trabalho e os coletivos

 retornaram a circular no município. 

O protesto, segundo os funcionários, foi em razão do atraso do pagamento do vale

 refeição.

Segundo eles, o benefício deveria ter sido pago no dia 05.

Na segunda-feira, 18, eles fizeram uma nova paralisação, desta vez na garagem da 

empresa antes da saída dos primeiros ônibus.

O protesto durou 40 minutos e contou com o apoio do sindicato da categoria. 

Após uma conversa ficou definido que o vale refeição seria pago nesta sexta-feira, 22.

Também ficou definido que os funcionários receberiam antecipado o vale do salário, 

que seria pago na terça-feira, 19.

Os funcionários confirmaram que receberam corretamente e que nesta sexta-feira, 

22, o vale refeição também foi depositado.

Fonte: da Redação 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, Reclamações, Elogios, Comentários e Perguntas