quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Governo do Estado SP deve ter agência reguladora para linhas de metrô, monotrilhos e trens

Proposta faz parte dos planos de privatização dos serviços metroferroviários pela gestão Alckmin
O Governo do Estado de São Paulo deve definir ainda neste ano o modelo de agência reguladora para os transportes metropolitanos sobre trilhos no Estado de São Paulo.

CPTM e Metrô
Uma das funções da agência será padronizar a qualidade da CPTM e do Metrô
Seria uma espécie de Artesp, mas para Metrô, CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos e monotrilho.
A iniciativa faz parte da intenção do governo de privatizar parte das operações na região metropolitana.
A agência deve exigir padrão de qualidade único entre CPTM, Metrô e monotrilho, além de definir critérios técnicos e periodicidade programada para os reajustes de tarifas e repasses às empresas operadoras.
A Secretaria dos Transportes Metropolitanos negocia um convênio com o Banco Mundial para ter acesso a experiências em outros países que foram bem sucedidas.
O Governo do Estado de São Paulo deve apenas ficar com as operações das linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha do Metrô.
A linha 4-Amarela já é da iniciativa privada linha 5-Lilás também deve ser repassada à iniciativa privada.
A linha 6-laranja e as linhas de monotrilho também devem ser privatizadas,
Em relação à CPTM as linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda também devem ter operação de responsabilidade da iniciativa privada.
Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes
Digitação: Wilson Bazani

Fonte: ,por: Adamo Bazani, jornalista, especializado em transportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, Reclamações, Elogios, Comentários e Perguntas