sexta-feira, 7 de outubro de 2016

SPTrans: Congelamento da tarifa de ônibus por Doria custará R$ 1 bilhão à prefeitura

Levantamento é dos técnicos que enviaram proposta de orçamento a Câmara Municipal. Dinheiro é suficiente para construir 30 quilômetros de corredores de ônibus

Doria estima valor menor
Doria estima valor menor
Se o prefeito eleito de São Paulo, João Doria, em sua próxima gestão, congelar a tarifa de ônibus em R$ 3,80 no primeiro ano de mandato, como prometeu, haverá uma pressão de R$ 1 bilhão nos cofres da prefeitura.
Os cálculos são dos mesmos técnicos do poder público que enviaram proposta de Orçamento para 2017 a Câmara Municipal e de empresários de ônibus.
O valor é superior aos “R$ 400 milhões ou R$ 500 milhões”estimados por Doria.
Em termos comparativos, é possível com esse dinheiro construir o corredor Itaim Paulista – São Mateus, Zona Leste, incluindo um terminal de ônibus, e o corredor Bandeirantes – Salim Farah Maluf, na Zona Sul. Os dois corredores somam 32 quilômetros e devem ser orçados em R$ 1,1 bilhão.
Para o próximo ano, a prefeitura no Orçamento prevê R$ 1,7 bilhão em subsídios, já contando com aumento no valor da passagem, cujo percentual ainda a ser definido.
Caso o congelamento realmente saia da promessa, João Doria terá de desembolsar em 2017 entre R$ 2,7 bilhões e R$ 3 bilhões para cobrir os custos dos transportes. Neste ano, R$ 1,79 bilhão com duração prevista até 31 de dezembro, se esgotou na segunda semana de setembro. As complementações neste ano devem superar R$ 2 bilhões.
Os subsídios são principalmente para bancar gratuidades, integrações do Bilhete Único e, até o momento, o congelamento das modalidades diária, semanal e mensal.
Atualmente arrecadação tarifária dos ônibus em São Paulo por ano é de R$ 4,9 bilhões, mas os custos dos serviços são de em torno de R$ 7 bilhões, sendo necessários, assim, os subsídios.
Se não houvesse hoje nenhum tipo de subsídio, a tarifa nas catracas seria, no mínimo, de R$ 5.
Fonte: ,por: Adamo Bazani, jornalista, especializado em transporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, Reclamações, Elogios, Comentários e Perguntas