quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

CAOS NO TRANSPORTE PÚBLICO DE IBIÚNA: Milhares de passageiros estão sendo prejudicados com a desorganização do transporte público no município.

 Prefeito João Mello ( PSD) garante que a situação estará resolvida nos próximos 10 dias " Vou administrar para a grande maioria silenciosa e não para a minoria barulhenta", declarou o prefeito na manhã desta terça-feira, 7, na tribuna da Câmara Municipal

CAOS NO TRANSPORTE PÚBLICO DE IBIÚNA: Milhares de passageiros estão sendo  prejudicados com a desorganização do transporte público  no município. Prefeito João Mello ( PSD) garante que a situação estará resolvida nos próximos  10 dias " Vou administrar para a grande maioria silenciosa e não para a minoria barulhenta", declarou o prefeito na manhã desta terça-feira, 7, na tribuna da Câmara Municipal

    
    Na manhã desta terça-feira, 7, o prefeito do município de Ibiúna, interior paulista, João Mello (PSD) esteve na Câmara Municipal para acompanhar a abertura dos trabalhos legislativos, na primeira Sessão deste ano.
      Na ocasião, em seu discurso na tribuna, o prefeito mencionou, entre outras coisas,  a questão do transporte público no município, que vem passando por um período de grandes transtornos nos últimos dias. De acordo com o prefeito, a situação estará totalmente resolvida nos próximos 10 dias.
_____________________________________________________________________________
GALERIA DE FOTOS
" Vou administrar para a grande maioria silenciosa e não para a minoria barulhenta", declarou o prefeito João Mello, na manhã desta terça-feira, 7, na tribuna da Câmara Municipal, citando uma frase dita pelo prefeito de São Paulo, João Doria.
Prefeito de Ibiúna, Dr. João Mello (PSD) na tribuna da Câmara Municipal durante a abertura dos trabalhos legislativos, na primeira Sessão deste ano.

  O Jornal Gazeta de Ibiúna esteve durante a tarde desta terça-feira,7, na rodoviária do município, onde dezenas de pessoas apareceram, espontaneamente, para reclamar do caos no transporte público que vem ocorrendo desde a manhã do último sábado, 4.
Os Vereadores, Dr. Rodrigo de Lima (PRP)Devanil ( PMDB) e Pururuca (PSC) estiveram na rodoviária no final desta tarde, ouviram a população e prometeram cobrar do prefeito uma solução.
Esta empresa teve o consentimento dos vereadores para estar operando no município ?", indagou um senhor do Bairro Lageadinho, em meio a uma multidão  que se preparava para embarcar em um ônibus super lotado.
Ontem um cadeirante esteve por horas aguardando para embarcar devido a  falta de operador do elevador do ônibus", mencionou uma senhora do Bairro Votorantim que presenciou a cena.

Em um ponto no Bairro Vargem do Salto  dezenas de pessoas, inclusive crianças, esperaram por mais de três horas por um ônibus, debaixo de um temporal que caiu na tarde de ontem", declararam duas senhoras e um senhor moradores do bairro, que reclamaram da dificuldade de chegar no horário ao trabalho.
" Não sabemos, ao menos, o nome da empresa, não há identificação nos ônibus. Inclusive, não consta logotipo da empresa  nos uniformes dos funcionários", declarou  uma jovem do Bairro Verava, que estava com uma criança pequena e um bebê no colo.

Está ocorrendo um grande número de desinformação. Os próprios funcionários estão perdidos e não estão sabendo orientar das pessoas", declarou uma jovem moradora do Bairro Vieirinha, informando que o ônibus não está entrando no bairro.
" Não há, sequer, uma tabela disponível com os horários para que  as pessoas possam se orientar. Fica uma correria pra lá e pra cá e isto estressa a gente", declarou um jovem estudante.
" Os alunos estão perdendo aulas por falta de transporte. Quando vai resolver esta situação, meu Deus? ", declarou um senhor, pai de dois alunos adolescentes.

O Jornal Gazeta de Ibiúna optou por não divulgar os nomes dos entrevistados nesta matéria.

Fonte: GAZETADEIBIUNA  Por: Marcos Pedroso 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, Reclamações, Elogios, Comentários e Perguntas