sexta-feira, 10 de agosto de 2018

São Roque e Região: Ônibus voltam a circular após às 8h



Os dois terminais de ônibus de Sorocaba amanheceram vazios e fechados por conta da paralisação do setor de transportes em geral, que começou às 0h desta sexta-feira (10) e está prevista para terminar às 8h. 


   



Com isso, muitos sorocabanos que dependem do transporte coletivo para se locomover tiveram que acordar mais cedo e enfrentar o frio da madrugada para chegar ao seu destino.

Foi o caso do vigilante Alex Sandro Ribeiro, 41 anos, que andou cerca de uma hora e meia do bairro Paineiras até o Terminal Santo Antônio para pegar o ônibus fretado da empresa até a cidade de São Roque, onde ele trabalha. Alex disse que geralmente pega o ônibus próximo à casa dele no bairro e vai até o terminal, mas nesta manhã teve que ir a pé por conta da paralisação.

Já a doméstica Sidneia de Barros, 51 anos, chegou ao terminal e ficou surpresa pelo fato do local estar fechado e vazio. Ela disse que não sabia da paralisação e que por causa disso vai chegar atrasada ao trabalho, já que pretende esperar os ônibus voltarem a circular. "Estava muito frio cedo e se eu soubesse que não ia ter ônibus cedo teria ficado dormindo até mais tarde", reclama.

A paralisação afeta as regiões de Sorocaba, São Roque, Itapetininga e Itapeva.
De acordo com o Sindicato dos Rodoviários, os ônibus devem circular a partir das 8h nas 42 cidades da região.
Ainda conforme a entidade, a paralisação organizada pelas centrais sindicais é um protesto contra a reforma trabalhista, aumentos dos preços da gasolina, diesel e gás de cozinha, a exploração do pré-sal por empresas estrangeiras, retirada de direitos e crescimento do desemprego.

A Urbes - Trânsito e Transportes criou uma Equipe de Alerta que está atuando em regime de plantão durante toda a paralisação do transporte coletivo, anunciada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Sorocaba e Região. Formada por gerentes e diretores da Urbes, a equipe acompanha toda a movimentação nos terminais Santo Antônio e São Paulo, bem como as Áreas de Transferência e o todo o fluxo viário da cidade.

Foram designados também 98 agentes de trânsito que atuarão nas vias públicas garantindo a fluidez do trânsito na cidade nesse período, além de 40 viaturas que darão apoio ao trânsito e à fiscalização do transporte durante o período de paralisação. A central semafórica operará também em esquema diferenciado para dar fluidez às vias. Já os agentes que trabalham no CCO Trânsito (Centro de Controle Operacional) auxiliarão no monitoramento através das câmeras instaladas na cidade.

A Urbes disponibiliza à população o telefone 118, atendendo as demandas da área de trânsito e do transporte coletivo. 
Fonte: JC 

quinta-feira, 26 de julho de 2018

PREVIDÊNCIA SOCIAL/INSS: Consulta passa a ser feita só com hora marcada ou pela internet

Resultado de imagem para meu inssEm São Paulo, as agências do INSS prepararam um roteiro por escrito, que é entregue para auxiliar a navegação no site, por reconhecerem as dificuldades dos segurados. Em Brasília, a assessoria de imprensa diz que o sistema está em constante aperfeiçoamento.

Um dos objetivos das restrições às consultas é reduzir tempo de espera nas agências física

A ideia é um avanço, se comparada à época em que era preciso ir de madrugada para uma fila para garantir o atendimento. Mas, na prática, o novo serviço ainda precisa ser aperfeiçoado para cumprir de fato a missão de facilitar a vida do segurado.
Dificuldades

Resultado de imagem para meu inss

Para começar, o portal “Meu INSS” não é simples de ser consultado. Para ter acesso ao CNIS e para a maioria de outros dados é preciso entrar no www.meu.inss.gov.br , ou pelo site do próprio INSS (www.inss.gov.br). 
CNIS
Uma das maiores demandas nos postos está relacionada com informações do CNIS. Trata-se de um documento de relevância para qualquer trabalhador que pretende um dia se aposentar pelo INSS. Ter acesso a ele com alguns cliques é ter controle sobre o que poderá ser sua fonte de renda no futuro. 
São os dados do CNIS que valem e serão considerados para a concessão de benefícios. Ou seja: é a partir dele que o INSS vai definir se o segurado tem direito ou não de se aposentar, qual o valor da aposentadoria e assim por diante. 
Esse cadastro traz o tempo de trabalho e de contribuição, inclusive quando o segurado recolheu como contribuinte individual e facultativo, datas de admissão e rescisão de contrato de trabalho, identificação do empregador, períodos em que trabalhou em determinada empresa, remuneração recebida e valores do recolhimento. É um histórico completo.
Por: Carlinhos Aniceto com informações INSS /MPS

terça-feira, 24 de julho de 2018

Audiência Pública: Mobilidade urbana para pessoas com deficiência é tema de debate no MPT-SP

Em evento, será exigido cumprimento de cota inclusive para os processos de licitação do transporte público municipal

 O Ministério Público do Trabalho em São Paulo (MPT-SP) realiza em 2 de agosto deste ano a audiência pública com o tema “A mobilidade urbana e a pessoa com deficiência”, aberta a entidades representativas da sociedade civil, instituições públicas e privadas e às demais pessoas interessadas.
Resultado de imagem para mobilidade urbanaSerão convocadas ao debate representantes do poder público municipal e dos trabalhadores com deficiência, além de empregadores e empresas de transporte coletivo. O objetivo é verificar o cumprimento da cota de pessoas com deficiência pelas empresas concessionárias do serviço de transporte público na cidade de São Paulo, além de exigir o cumprimento da cota também nos processos de licitação.
Outro ponto a ser levantado na audiência é a qualidade dos serviços públicos de transporte prestados à pessoa com deficiência, buscando identificar quais são os obstáculos e propondo soluções. O público presente poderá fazer colocações e tirar dúvidas.
As inscrições para a audiência são gratuitas e podem ser realizadas no endereço eletrônico http://servicos.prt2.mpt.mp.br/informe-se/eventos/
Consulte o edital oficial clicando aqui.
Quando: 2 de agosto de 2018
Horário: a partir de 13h30
Onde: Ministério Público do Trabalho em São Paulo. Rua Cubatão, 322 (próx. Estação Paraíso do metrô), São Paulo

Fonte: MPT-SP

sábado, 21 de julho de 2018

EMTU: Atenção cidades de Cotia e Itaquaquecetuba terão novas integrações tarifárias

Em breve, os moradores de Cotia e de Itaquaquecetuba poderão contar com uma nova integração tarifária em suas respectivas linhas.

Linha 422 Itapevi -Metrô Butantã - Foto Fábio Sá

Em Cotia, a integração será entre as linhas 256 - Cotia (Caucaia do Auto) x Cotia (Portão - Via Vargem Grande Paulista) - e 422 - Itapevi (Vila Nova Esperança)Metrô Butantã (São Paulo). A tarifa integrada custará R$6,95 e terão direito aqueles que pagarem com o Cartão BOM

Para tanto, basta desembarcar de umas das linhas em um ponto atendido por ambas (por exemplo, em frente ao Mercado Municipal ou ao Atacadão) e embarcar na outra. Na primeira linha, será descontado a tarifa dela, e na próxima apenas o complemento à tarifa integrada. O tempo máximo para usufruir do benefício será de três horas, assim como em outras linhas do sistema.

Em Itaquaquecetuba, a integração será entre as linhas 242 - Itaquaquecetuba (Jardim Pinheirinho) x São Paulo (Carrão) - e 405 - Suzano (Centro) x Itaquaquecetuba (Rancho Grande). O passageiro poderá utilizar as duas linhas pagando o valor total integrado de R$4,70, nos mesmos moldes da integração das linhas de Cotia, pagando a tarifa com o cartão BOM e desembarcando da primeira linha atendida por ambas (por exemplo, na Rodovia Alberto Hinoto), e embarcando na segunda dentro de três horas.

O benefício, além dos estudos realizados pela EMTU, vem após um pedido da Prefeitura de Itaquaquecetuba para criação de um atendimento entre os bairros Jardim Odete, Quinta da Boa Vista, Jardim São Paulo, Vila Celeste e Jardim Moraes às Estações Brás ou Carrão, da linha 3 - Vermelha do Metrô.

As datas de início da operação integrada serão divulgadas em breve.
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
Meus Comentários: 
A sugestão encaminhada para a EMTU , era a extensão da linha 421 Itapevi (Centro) / Vargem Grande Paulista(Centro),fosse até Caucaia do Alto (Centro) ou a criação de uma linha de Caucaia do Alto - Cotia até Itapevi Centro, favorecendo assim aqueles moradores que utilizam a linha 8- Diamante da CPTM. A EMTU por sua vez acatou parcialmente a sugestão e veio a criar integração entre as linhas 256 Cotia Caucaia do Alto com a linha 422 Itapevi - Metro Butantã, dando maior opção para aqueles passageiros. 

Fonte: Linhas Metropolitanas
 

quinta-feira, 19 de julho de 2018

COTIA: Passagem de ônibus municipais voltaram a R$ 4,35 nesta quinta

Durou poucos dias para os munícipes a sensação de pagar a passagem de ônibus municipais em Cotia mais barata. Desde o dia 1º de julho que uma decisão da Justiça obrigou a Prefeitura de Cotia e a Viação Raposo Tavares  a reduzir o preço das passagens de R$ 4,35 para R$ 3,95.
Por 18 dias os usuários das linhas municipais pagaram R$ 3,95, uma economia de 40 centavos por viagem e que para quem necessita usar os coletivos mais de uma vez por dia, acaba sendo uma boa economia no mês.
A Prefeitura prometeu recorrer e conseguiu decisão favorável a ela  e à Viação Raposo Tavares  nesta semana. A partir desta quinta-feira (19) as passagens voltam a custar R$ 4,35.
Vem mais briga na Justiça para a redução da passagem em Cotia.

Fonte: Internet 

sexta-feira, 6 de julho de 2018

EVENTOS: XIII Festival de Orquídeas e Plantas Ornamentais de São Roque apresenta flores típicas da época

O evento ocorre em São Roque, é gratuito e nesta edição trará os exemplares de inverno

A AOSR-Associação Orquidófila de São Roque promoverá nos dias 03, 04 e 05 de agosto de 2018, das 9h às 18h, o XIII Festival de Orquídeas e Plantas Ornamentais de São Roque que neste ano terá como tema as espécies que florescem nos meses de inverno. Dentre elas, estão cymbidium, coelogyne, dendrobium e paphiopedilum que podem ser cultivadas, dando vida e movimento, em apartamentos,  escritórios, consultórios, casas, chácaras entre outros.

No festival, estarão presentes as maiores Associações Orquidófilas do Estado de São Paulo expondo diversas espécies dentre as quais as que são o tema deste ano para que o visitante possa se encantar com sua beleza.  Também será encontrado na exposição um pódium, onde estarão os melhores exemplares, que foram premiados.

O visitante ainda poderá adquirir mudas a partir de R$10,00, plantas adultas e todo insumo necessário para o cultivo das diversas espécies encontradas nos produtores presentes.

Haverá também cursos gratuitos no sábado às 15h e no domingo às 13h. E a novidade deste ano será a presença de técnicos especializados em fertilização.

“Após essa oficina cada um poderá fazer o plantio sozinho, em sua casa, apartamento, escritório e até em chácara. Além das orquídeas valorizamos a natureza e procuramos sempre protegê-la”, explica Lucia Tonhamillen, produtora e diretora da associação.

Haverá também o SOS Orquídea, um espaço onde as pessoas podem tirar suas dúvidas sobre o cultivo das flores, doenças, formas de imunização entre outros.

Sobre a cidade
Outros atrativos da exposição são os produtos típicos da cidade. Os visitantes desfrutarão das delícias na praça de alimentação. A famosa produção local de alcachofra, estará presente em conserva, patê e até no pastel da deliciosa flor comestível. Além é claro de doces típicos e artesanato local. Para finalizar curtindo o frio serrano, os  vinhos e os licores estarão disponíveis para o público. 
 
Curiosidades
Vocês conhecem as peculiaridades inerentes das orquídeas? Será que ela conquista as mais diferentes pessoas justamente por isso? Vocês sabiam que orquídeas são verdadeiras espécies que provam a sua inteligência sendo as únicas que sobrevivem durante séculos. São identificadas plantas desde a época dos dinossauros, já passaram por cultivo na terra, água e até pedra. Elas usam o próprio fungo da natureza para se alimentar, vivendo em perfeita simbiose. A germinação é feita por insetos e cada espécie solta um odor que atrai o inseto específico para a polinização. Desta forma, crescem e florescem. Nada mais justo do que serem as flores queridinhas dos brasileiros.

SERVIÇO:
XIII Festival de Orquídeas e Plantas Ornamentais de São Roque
DATA: Dias 03 (somente vendas) 04 e 05 (exposição e vendas) de agosto de 2018
LOCAL: Recanto da Cascata – Av. Antonio Maria Picena, 34 – São Roque – SP
HORÁRIO: 9h00 às 18h00.
ENTRADA: 1 kg de alimento não perecível (opcional)
ESTACIONAMENTO: R$ 15,00

Mais informações:  
Relações com a Imprensa:
A Fonte! Comunica
Roberta Santo/Maíra Onias
(11) 3294-8621/ 96473-6225

Fonte: A Fonte! Comunica

segunda-feira, 2 de julho de 2018

CONSUMIDOR: Portabilidade do salário para contas de fintechs passa a valer neste domingo; entenda

A partir de agora, trabalhador poderá transferir os recursos pagos pelo patrão para contas fora de bancos; veja como vai funcionar.

A partir deste domingo (1), o trabalhador poderá transferir seu salário automaticamente para uma conta não bancária. Antes, a operação só era permitida de banco para banco. A transferência não terá custo para o cliente.
Pela regra anterior, o empregado precisava procurar o banco de sua conta salário (onde o patrão deposita os vencimentos do empregado) para pedir a transferência do dinheiro para uma conta em outro banco. Agora, ele poderá fazer esse pedido na própria instituição para onde quer transferir o salário, inclusive para contas fora de bancos.
Portanto, a partir de agora, a conta de destino dos depósitos poderá ser não apenas uma conta corrente de bancos, mas também uma conta de pagamento, que pode ser oferecida por instituições não financeiras, fintechs ou emissores de cartões.
Em maio, existiam 112 instituições de pagamentos (chamadas de IP) não reguladas pelo Banco Central, chamadas de "não autorizadas". Sem um banco parceiro por trás, elas não podem fazer a portabilidade dos recursos da conta salário. Somente as IPs reguladas podem receber os salários, como por exemplo Nu Pagamentos (Nubank) e a Brasil Pré Pagos.
Entenda como funciona a portabilidade para contas não bancárias:
O que é a portabilidade de salário?
A portabilidade do salário é o direito dado ao trabalhador de transferir no mesmo dia, de forma automática e gratuita, a remuneração paga pelo empregador para uma conta diferente daquela usada para depositar o salário (conhecida como conta salário). Neste tipo de conta, apenas o empregador pode fazer depósitos.
Como era a portabilidade do salário antes da nova regra?
Pela regra anterior do BC, a conta salário só podia ser transferida de banco para banco e era preciso solicitar a portabilidade apenas no banco de origem dos depósitos feitos pelo empregador.
O que muda a partir de agora?
A novidade é que o BC decidiu que será possível levar este dinheiro, sem custo, também para as contas de pagamento, operadas por instituições não financeiras, como as fintechs, instituições de pagamento e emissoras de cartões de crédito. Os recursos dos depósitos feitos até as 12h devem ser transferidos no mesmo dia para a conta de preferência do cliente.
O que são contas de pagamento?
As contas de pagamento são uma opção para movimentar dinheiro sem precisar ter uma conta corrente. Mesmo fora dos bancos, elas permitem fazer transações, pagar contas e fazer compras com cartões, por exemplo. Mas há limitações para este tipo de conta, como obter crédito e fazer investimentos.
Contas de pagamento são seguras?
Para poder fazer a portabilidade, as instituições de pagamentos (chamadas de IP) ser autorizadas pelo BC e movimentar mais de R$ 500 milhões por ano, ou ter um banco por trás das operações.
Para manter em segurança o dinheiro dos clientes, o BC exige que as instituições de pagamento depositem 100% dos recursos em um dos dois destinos:
  • Nas contas do próprio órgão;
  • Em títulos públicos do Tesouro Nacional.
Já o dinheiro depositado nos bancos segue regras diferentes, o chamado compulsório. Hoje, a alíquota desse recolhimento no BC foi reduzida em 25% nos bancos privados para depósitos à vista.
“As regras para proteger os recursos do cliente são muito mais seguras em instituições de pagamento que nas instituições financeiras (bancos), que podem tomar risco com este dinheiro”, disse ao G1 o CEO da fintech Quanto, Ricardo Taveira. “É como se as IP fossem bancos com 100% de compulsório”.
Será possível transferir o salário para cartões de lojas?
Em alguns casos. A resolução do BC possibilita que as lojas de varejo que oferecem cartões de crédito recebam recursos da conta salário, desde que ofereçam um modelo híbrido com cartões pré-pagos, observa a advogada Vanessa Fialdini, do Fialdini Advogados.
Mas, geralmente, os cartões de lojas de departamento são aceitos apenas em uma determinada rede de estabelecimentos (conhecidos como private label), e não estão autorizados pelo BC. "Nesse caso, como não contam com a autorização, também não são passíveis de portabilidade dos recursos de conta salário", explica a advogada.
Fonte: G1