sexta-feira, 21 de julho de 2017

Cidade de Osasco recebe 45 ônibus novos para linhas municipais


Todos os veículos entregues têm ar-condicionado, câmeras de monitoramento, carregadores USB e está sendo testado wi-fi


Wi-fi será testado nos ônibus

A cidade de
Osasco, na Grande São Paulo, recebeu 45 ônibus 0 km para o transporte urbano.
Desse total, 25 veículos foram comprados pela Viação Osasco e 20 ônibus pela Urubupungá.
De acordo com a prefeitura, os ônibus possuem 10 pontos USB cada para carregamento de celulares e outros dispositivos móveis, câmeras de monitoramento, ar condicionado e um sistema de wi-fi, para acesso gratuito à internet, que está em fase de testes.
Cada veículo tem quatro câmeras de monitoramento, sendo três que registram a movimentação interna no ônibus e a quarta com visão externa instalada na parte da frente do veículo.
Os ônibus são de chassi Mercedes-Benz e carroceria Caio.
Há também elevador para acesso de pessoas em cadeira de rodas.
Os veículos possuem suspensão pneumática, aumentando o conforto dos passageiros.
Bancos especiais para portadores de deficiência, idosos, gestantes, pessoas que se recuperam de cirurgia e obesos também fazem parte da configuração do veículo.
Além do prefeito Rogério Lins, estiveram na cerimônia de entrega, o diretor da Viação Urubupungá,  Luiz Augusto Saraiva e diretor da Viação Osasco,  Roberto Bertolini.
Fonte: ,por: Adamo Bazani, jornalista, especializado em transporte 

terça-feira, 11 de julho de 2017

EMTU: Em 2017, empresa de ônibus de Cotia já recebeu 50 autuações por conta da dupla função e continua rodando sem Cobradores

A empresa Intervia dos motoristas, ou seja, além de dirigir o veículo o motorista ainda faz o papel do cobrador.s Raposo Tavares que atua em Cotia e Região, adotou gradativamente desde o ano de 2014 a dupla função
Neste ano a empresa praticamente finalizou a migração e todas as linhas contam apenas com o motoristas e sem cobradores. A EMTU informou que já autuou  50 vezes a empresa pela constatação da falta de cobradores nos ônibus.

Linha 503 (Caucaia x Portão) sem cobrador. Foto/Rudney Oliveira - Cotia e Cia

Muitos passageiros reclamam da dupla função do motoristas pois acaba atrasando a viagem, pela sobrecarga sobre o motorista, que além de dirigir, precisa cobrar a tarifa e liberar a catraca, sendo assim as paradas ficam mais lentas do que o normal.

Além do atraso a  chance de acidente aumenta já que alguns motoristas costumam devolver o troco com o coletivo já em movimento, dividindo assim a atenção entre a direção e o dinheiro. Segundo o que informou a EMTU as vistorias serão intensificadas nas linhas da empresa Raposo Tavares para coibir esta infração.

Informações do parceiro COTIA e Cia 


Fonte: Cotia&Cia

quinta-feira, 6 de julho de 2017

EMTU: Moradores questionam Prefeitura de Cotia sobre retirada de linha de ônibus489/815

A EMTU notificicou os moradores da região do Jardim Santana e Petrópolis, onde há diversos residenciais, de que a linha de ônibus 489/815 TRO (BENFICA do Consórcio Anhanguera), que liga Itapevi a Embu das Artes, via Cotia não passará mais pela região onde moram.


O MOBILIDADECOTIA , recebeu diversas reclamações de pessoas que usam a linha e que a partir do dia 8 de julho, terão que  caminhar até um ponto onde passam lotações e ônibus da Viação Raposo Tavares, que fica longe e é perigoso, em local sem iluminação.
A prefeitura deu como justificativa aos moradores que a linha não recebe a quantidade mínima de passageiros e por isso decretou a retirada.
allegro
Vale lembrar que no início de abril a própria prefeitura autorizou a EMTU a mudar o itinerário da linha para beneficiar os moradores. Três meses depois, ela revoga a decisão.

O  moradores Fernando,entrou entrou em contato conosco pedindo ajuda veja a reclamação abaixo: 
Bom dia;
Mais uma da prefeitura de Cotia, decretou a retirada da linha 489/815 de circular pelo Jardim Petropolis. A justificativa foi que a linha recebe poucos passageiros pelo que esperava. Sei que esta não é a verdadeira causa. 

A mudança prejudica e muito nos moradores dos condomínios Allegro Cotia, Nova Zelandia entre outros e que a rua destes condomínios é escura e perigosa. Solicitamos linha de ônibus e iluminação e até o momento nada foi feito. A unica empresa que propos atender nós foi a Benfica. Essa a prefeitura e EMTU esta tirando de nós.
O que podemos fazer?
O MOBILIDADECOTIA , protocolou reclamação junto da EMTU de nº 497.887, e encaminhou email para a Secretaria de transito e transporte de Cotia ( Settrans )  , para uma respostas, ainda no aguardo.

Por: Carlinhos Aniceto

CONSUMIDOR: Passagem não utilizada: saiba como reagendar a viagem ou pedir reembolso

Teve algum imprevisto ou se atrasou para o horário do embarque? Saiba como fazer valer os seus direitos para não sair no prejuízo.

Com a correria do dia a dia, muitas vezes não temos a antecedência necessária para cumprirmos com compromissos. Ainda, em grandes cidades, são frequentes os imprevistos de trânsito e transporte público, o que muitas vezes transforma a pontualidade em uma difícil missão.
 
direito-reembarqueDiversos consumidores perdem o horário de embarque em suas viagens de ônibus por conta disto. No entanto, poucos sabem que estão amparados pela lei nº 11.975/09 que estabelece a validade de um ano para os bilhetes de passagem de transporte coletivo rodoviário intermunicipal, interestadual e internacional, a partir da sua data de emissão, independente de data e horário marcados para a viagem. 
Prazo para fazer o reagendamento:
Mesmo que  não consiga realizar sua viagem naquele momento, por não conseguir chegar a tempo ou por algum outro motivo, você terá até um ano (a partir da data da emissão da passagem perdida), para reagendar seu transporte ou solicitar o reembolso.
Para solicitar o reembolso:
Para reembolso de passagens interestaduais e internacionais, a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) estipula que o consumidor deverá efetuar o pedido de reembolso em até 3 horas antes do embarque. Neste caso, poderá haver cobrança de até 5% de multa pelo cancelamento e o reembolso será feito no prazo de 30 dias.
 
Caso enfrente dificuldades para remarcar sua passagem ou reaver as quantias pagas, a empresa estará portando-se de maneira abusiva e você pode ser amparado pelo artigo 39, II do Código de Defesa do Consumidor e pela lei nº 11.975/09.
 
 
Não conseguiu remarcar a passagem ou ter o reembolso? 
 
A PROTESTE pode te ajudar! Para fazer valer os seus direitos, acesse nosso canal Reclame ou se preferir, entre em contato com nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204.

Fonte: PROTESTE

segunda-feira, 19 de junho de 2017

DUPLA - FUNÇÃO MOTORISTA COBRADOR NÃAOOOOO - EMTU E MUNICIPAIS

A EMTU/SP,estava autorizando a Viação Raposo Tavares assim como algumas empresas no ramo do transporte coletivo intermunicipais, em caracter experimental as empresas retirar os Cobradores e deixando os Motoristas a Exercerem a Dupla-Função ou seja Dirigir e Cobrar as passagens.
Porém estamos entrando na luta para que os Cobradores sejam recolocados aos seus postos de Trabalho e que a Dupla-Função seja extinta, por sabermos que o Cobrador é fundamental para no auxilio do Motorista para com os passageiros. Sabemos que as Empresas de Transportes Coletivos Lucram Muito para que não possam dar um transporte de melhor qualidade e com Cobradores aos seus Passageiros.
O novo Código de Trânsito Brasileiro que proíbe que o motorista coloque o veículo em movimento se estiver com as mãos ocupadas com qualquer objeto ou por atividade não relacionada diretamente à condução.

Então estamos na Luta ! Olhem, só quem entrou no apoio da Categoria, já que o Sindicato dos Motoristas de Osasco Não Fazem Nada para Inibir estes ABSURDO:

No Quadro Soluções para Cotia, São Paulo e para o Brasil:
Queremos o fim da Dupla Função do Motorista
.
video

segunda-feira, 12 de junho de 2017

OSASCO: Sindicato sugere melhorias para o transporte municipal

O Sindicato cumpriu mais uma vez o seu papel de entidade cidadã e sugeriu na quinta-feira 8,

 propostas que visam melhorar o transporte público de Osasco. 
Foram apresentadas 13 propostas visando o conforto
e a segurança dos usuários dos transportes
A sugestão foi feita por meio de ofício entregue pelo diretor Alex da Força
durante Audiência Pública sobre Transporte Coletivos de Osasco.
Ao todo, foram apresentadas 13 propostas relacionadas “visando o conforto e a segurança
dos usuários dos transportes coletivos”. Entre elas está a adequação dos veículos
“tendo em vista os critérios ambientais e de acessibilidade”, bem como nos terminais
 e pontos de paradas dos transportes coletivos.
“As propostas que envolvem o direito de acessibilidade as pessoas com deficiências já estão 
previstas na lei 13.146/2015, que trata da lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência.
 Por isso também solicitamos o seu cumprimento”, explicou Alex da Força, que também é 
secretário Estadual de inclusão da Pessoa com Deficiência da Força Sindical-SP.de acessibilidade 
as pessoas com deficiências“As propostas que envolvem o direito.
Além disso, o ofício propõe a instituição do Plano Municipal de Mobilidade e a regulamentação e
pratica do Plano Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Também sugere que seja
 aperfeiçoado no município “a legislação municipal de concessão da gratuidade no transporte público
coletivo para as pessoas com deficiências, idosos, estudantes e desempregados”. 
Bem como a melhor divulgação destes direitos à população.
A fiscalização do cumprimento do número máximo de passageiros por unidade de transporte,
para que se leve em consideração a segurança da população também fazem parte das propostas.
“Por último sugerimos a criação de um Grupo Técnico para viabilizar um estudo do mapa de 
Osasco a fim de buscar reordenar o sistema municipal de transportes coletivos e propor soluções
para os diversos problemas enfrentados pelos munícipes”, destacou o diretor Alex da Força.
Direito do Cidadão – Para garantir ainda mais benefícios para os metalúrgicos de Osasco,
bem como para toda população que reside e trabalha na cidade, o diretor Alex da Força 
reivindicou a instituição do Bilhete Único e a Integração dos transportes.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

COTIDIANO: Avalie o seu transporte coletivo diariamente EMTU / SPTrans e outros

Agora você pode avaliar o seu ônibus pelo celular. Baixe o aplicativo MoveCidade do e avalie o seu transporte.

O aplicativo MoveCidade fornece ferramentas para avaliar questões importantes do sistema de transporte, como pontualidade, segurança, conforto, estado de conservação e outros quesitos dos ônibus, metrôs, trens e ciclofaixas.
Baixe o aplicativo MoveCidade

Você que é Passageiro das linhas intermunicipais da EMTU/SP, avalie sua viagens diariamente.

Você que é Passageiro das linhas municipais da SPTransavalie sua viagens no dia a dia.




Fonte: IDEC

ATENÇÃO: Motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo decretam estado de greve na próxima quarta-feira (24)


Motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo decretam estado de greve e pode haver paralisação na próxima quarta-feira (24)


Categoria não aceitou nova proposta das empresas de ônibus para reajuste salarial e nos vales
Em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira, 18 de maio de 2017, os motoristas e cobradores de ônibus da capital paulista decidiram decretar estado de greve.
Caso não haja acordo até terça-feira da semana que vem, na quarta-feira, 24 de maio de 2017, deve haver greve de ônibus em São Paulo, segundo o Sindmotoristas, sindicato da categoria. O objetivo é impedir a saída dos coletivos das garagens desde as primeiras horas do dia.
De acordo com a entidade sindical, os trabalhadores não aceitaram a nova proposta de reajuste por parte das empresas de ônibus.
O SPUrbanuss, que reúne as Viações do subsistema estrutural (linhas maiores), ofereceu reajuste de 3,27% nos salários em parcela única e no ticket-refeição. A proposta anterior era reajuste de 3% nos salários, dividido em duas parcelas de 1,5%, sem proposta de aumento no valor do ticket.
O pagamento de PLR – Participação nos Lucros e Resultados não foi cogitado nas duas propostas dos empresários.
Os trabalhadores pedem 5% de reajuste real nos salários (além da reposição do índice inflacionário), com o mesmo percentual sobre o vale-refeição.
O Sindmotoristas também quer pagamento de participação nos lucros e resultados.
Em nota, o SPUrbanuss afirmou que o índice segue a inflação acumulada pelo Dieese e que não há como pagar participação nos lucros por causa da situação financeira do sistema de transportes na cidade de São Paulo:
As empresas de transporte urbano de passageiros, por meio do SPUrbanuss – Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo apresentaram proposta de reajuste salarial de 3,27%, índice apurado pelo DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, e o mesmo percentual de reajuste no tíquete refeição. Não há possibilidade de tratar de valor do PLR (Participação nos Lucros e Resultados), quando o próprio Sindicato dos Motoristas reconheceu, em carta aberta à população, que “a saúde financeira do transporte púbico está debilitada” e que “a Prefeitura deve às empresas do setor R$ 323 milhões”.
Nesta semana, o sindicato dos motoristas e cobradores ameaçou parar os terminais na terça-feira das 14h às 17h, mas após reunião com empresas de ônibus e Secretaria de Transportes, retomando as negociações, suspenderam o ato previsto.
Fonte: ,por: Adamo Bazani, jornalista, especializado em transporte 

CONSUMIDOR: Anatel notifica as operadoras de TV paga sobre a saída dos canais do Simba após denúncia




A briga se arrasta desde o dia 29 de março, quando aconteceu o desligamento 
dos sinais analógicos em São Paulo. Os canais da Rede TV!, da Record e do SBT 
saíram da grade de programação das empresas de TV paga por conta do não acerto
 entre as partes. As emissoras da TV aberta alegam que podem cobrar pela transmissão
 do line up. As emissoras de TV paga se negam a pagar. A Vivo foi a única a manter a

de São Paulo. Segundo o MPF, “clientes têm reclamado que, mesmo com a redução dos
 pacotes a partir da exclusão das emissoras, as empresas continuam cobrando os valores 
integrais das mensalidades”.



Fonte: UNIVERSOTV 

terça-feira, 16 de maio de 2017

IBIÚNA: GovernoSP autoriza desapropriações para obras de duplicação da SP-250


No último dia 13 de maio, o Diário Oficial do Estado publicou o Decreto de Utilidade Pública (DUP), assinado pelo governador Geraldo Alckmin, para desapropriação das áreas que compreendem as obras de duplicação da Rodovia Bunjiro Nakao (SP-250), entre Vargem Grande Paulista e Ibiúna.
Rodovia Bunjiro Nakao (SP-250)
Com a publicação, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria de Logística e Transportes, poderá dar continuidade ao processo licitatório para contratação das obras.
O documento prevê a liberação de uma área total de 320.300,55 m² para a duplicação da pista (do km 45,2 ao km 69,6) e implantação de dispositivos de acesso. Os serviços serão executados nos municípios de Vargem Grande Paulista, Cotia e Ibiúna. O valor a ser empregado para as desapropriações é de R$ 75,8 milhões.
O valor orçado das obras é de R$ 234,6 milhões, a serem financiados pelo Banco Mundial, por meio do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) e da Agência Multilateral de Garantia de Investimentos (MIGA).
FONTE: GOVENOSP