sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

SERVIÇO: Sistema da Ouvidoria do INSS estará indisponível de 8 a 12 de dezembro

Resultado de imagem para ouvidoria inssA Ouvidoria Previdenciária, que registra reclamações, sugestões, elogios e denúncias, estará indisponível a partir das 18h do dia 8 de dezembro, com previsão de regularização às 8h30 do dia 12 do mesmo mês.
Nesse período, o Sistema de Ouvidoria (SOUWeb) estará sendo migrado para a rede do Ministério do Desenvolvimento Social. Por esse motivo, não será possível cadastrar nenhum atendimento aos cidadãos.


A Ouvidoria Previdenciária agradece a compreensão.

Saiba mais sobre a Ouvidoria do INSS- Ministério da Previdência Social
Criada em agosto de 1998, a Ouvidoria-Geral da Previdência Social presta um pós-atendimento, ou seja, atua atendendo aquele que já tenha entrado em contato com os órgãos da Previdência Social e queira fazer alguma sugestão, reclamação, elogio, denúncia ou outra solicitação sobre os serviços prestados.
Este canal é específico para estas finalidades. Para informações sobre benefícios ou serviços da Previdência Social, consulte o site ou ligue para o telefone 135.
A Central de Atendimento 135 está está disponível de segunda a sábado das 7h às 22h (horário de Brasília).

Fonte: MPS

COTIA: Viaturas da Settrans de Cotia ganham giroflex e sirene

No primeiro semestre do ano, a prefeitura modificou o layout da frota que ficou mais moderna com as cores símbolo internacional do trânsito: amarela e preta 
Frota Settrans_Vagner Santos
A Prefeitura de Cotia, por meio da Secretaria de Transportes e Trânsito (Settrans), concluiu a instalação de giroflex e sirene nas viaturas utilizadas pelos agentes de trânsito. Toda a frota recebeu os equipamentos que deverão ser utilizados em situações de emergência. “São equipamentos importantes que aumentam a percepção das pessoas e dos motoristas sobre a presença da viatura e para que facilitem a passagem em casos de ocorrências”, disse o titular da pasta, Joaquim Brechó.
No primeiro semestre deste ano, a administração Rogério Franco iniciou um projeto de melhoria na frota utilizada pelos agentes de trânsito. À época, foi implantado um novo layout em todas as viaturas da Settrans. A adesivação foi renovada e ficou mais moderna para melhorar a identificação da frota. Os veículos passaram a ter as cores amarela e preta, símbolo internacional do trânsito.

Fonte: PMC

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Prefeitura de Cotia apresenta ao DER projeto de melhorias em acessos da Rodovia Raposo Tavares


A Prefeitura de Cotia apresentou ao DER – Departamento de Estradas de Rodagem, o projeto que visa desafogar o fluxo de veículos em dois pontos complicados da Raposo Tavares no Km 23 e no Km 26,5.


raposo-alças2
Estiveram na quarta-feira (29) na superintendência do DER, o secretário de Desenvolvimento Urbano, José Baraúna Filho, o secretário de Habitação, Sérgio Folha e o deputado Estadual, Marcio Camargo.
O projeto foi apresentado ao órgão estadual e agora será analisado pelo Governo do Estado. Não há uma previsão para o início das obras.
raposo-alças3
No projeto, no Km 23 haverá dois retornos. O já existente terá mão única da Avenida São Camilo para a Raposo e ainda uma alça de acesso que começará ao lado do Walmart, para quem quiser acessar a Rua Adib Auada, shopping e Rua Monet. A outra alça ligará a Estrada Velha de Sorocaba (ao lado da Dona Deola) e o outro lado da rodovia e seria usado como acesso à São Camilo para quem vem de Cotia, passando pela marginal em frente ao Habibs.
A outra alça é no Km 26,5, levando o tráfego da Avenida José Giorgi sentido São Paulo, passando atrás da churrascaria Gramado.
Fonte: PMC

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Viagens: Osasco Rodoviária de ônibus

Osasco tem se destacado muito em relação aos serviços de transportes que são feitos no local. 

Resultado de imagem para rodoviaria de osasco
Existente há muito anos, a Rodoviária de Osasco, tem crescido a ponto de ganhar os seus melhores clientes, aquelas pessoas que tinham aquele trabalho de ir até o Terminal Rodoviário Tiete, se sentem muito bem procurando os serviços do Terminal de Osasco. O Brasil todo é dependente do transporte, seja em qualquer lugar onde você for, se não estiver de carro ou de moto, com certeza irá precisar utilizar ônibus, trem ou metrô.
Em relação ao Transporte em Osasco, pode-se afirmar que está entre os melhores do Estado de São Paulo, dentre muitas alternativas, a cidade está sempre se desenvolvendo mais e mais quanto a este assunto, mostrando-se então, um dos lugares mais desenvolvidos da zona oeste.
Resultado de imagem para rodoviaria de osasco
Muita gente, deve achar que, para viajar para longe, é necessário ir até a Rodoviária de São Paulo – ( Tietê ), saibam que não é preciso muito, a Rodoviária de Osasco já está ai pra isso, economize o seu tempo, gastando menos. Todos conhecem ou já devem ter ouvido falar do Terminal Rodoviário de Osasco, um dos principais pontos de referência para a cidade, e para onde quer que você queira ir viajar, basta ligar para o órgão que, rapidamente você consegue fechar a compra da sua passagem, sem que haja qualquer burocracia, vale lembrar que, é um Terminal Rodoviário como os outros, ocorrem alguns imprevistos, como todos.

Comprar Passagens na Rodoviária de Osasco

Para comprar a sua passagem, é necessário estar muito bem decidido para onde quer ir, em seguida, pesquise na Rodoviária de Osasco, o preço e os horários disponíveis para onde quer ir. Verifique as possibilidades, preços e horários no qual estão disponíveis para o agendamento correto de sua viajem, resumindo, o terminal está prestes a lhe oferecer as melhores opções para o seu passeio, seja a trabalho, férias, ou emergência.

Telefone e Endereço da Rodoviária de Osasco

Reserve já a sua passagem no Terminal de Osasco, ele está bem próximo à Barueri, sendo de carro, táxi, ônibus, ou trem, é muito simples chegar lá, Para saber mais informações sobre passagens e serviços, entre em contato com a Rodoviária:
Endereço: Rua Erasmo Braga 1500, Osasco, SP
Telefone: (11) 3684-0842 | (11) 3698-5387

Localização da Rodoviária de Osasco

Ao Lado da Estação de Trem da CPTM linha 8 diamante


Por: Carlinhos Aniceto

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

COTIA: Prefeitura conclui manutenção no Terminal de Caucaia do Alto

Pelo local passam em três linhas municipais e seis intermunicipais que atendem a uma média de 12 mil pessoas diariamente
Na quarta-feira (8/11), a Prefeitura de Cotia concluiu o trabalho de manutenção do Terminal Rodoviário de Caucaia do Alto. A prefeitura executou o trabalho de pintura interna e externa do terminal, fez revisão geral em toda a parte elétrica, trocou fiação e substituiu as antigas lâmpadas por lâmpadas LED que, além de serem mais econômicas, são mais eficientes. Pelo Terminal de Caucaia do Alto passam uma média de 12 mil pessoas diariamente e, pelo local, passam três linhas de ônibus municipais e seis intermunicipais.
As dependências da administração do terminal passaram por manutenção e também recebeu nova pintura. Um ponto de táxi, que fica ao lado do terminal, também recebeu melhoria e nova pintura. “Foi feita uma revisão geral em todo o terminal, o que apresentou problemas foi substituído. Com estas melhorias e manutenção o terminal se torna um local mais digno de receber as inúmeras pessoas que passam diariamente por lá, além de se tornar mais agradável para quem trabalha no local”, disse Bastos, administrador regional de Caucaia do Alto.
Saiba mais sobre o transporte coletivo da região : 

COTIA: Horários e Itinerários do transporte municipais

EMTU/SP: Horários e itinerários dos ônibus intermunicipais


Fonte: PMC, informações abaixo complementadas por Carlinhos Aniceto



sexta-feira, 10 de novembro de 2017

REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL - SUGESTÃO ENCAMINHADA

Olá galerinha encaminhamos esta sugestão para os relatores da Reforma da Previdência Social,deputados , senadores e Presidente .

Bom dia 

Senhores (as) 

Resultado de imagem para reforma da previdenciaVenho por meio desta solicitar a a Vossa Senhoria Analise desta Sugestão sobre as Reformas da Previdência Social.

Segue abaixo um ponto importantíssimo para Analise:

As mudanças na previdências sociais estão ai, o Governo Federal querendo mudanças Drásticas para acabar com um Rombo nas Constas da Previdência Social, uma vez que a CPI da Previdência mostrou que a previdência Social não tem Decifit financeiro, mas vamos lá...O Governo Federal quer a todo custo mudar as regras na previdência social, ai vai uma Sugestão.
Resultado de imagem para mobilidadecotia
O trabalhador hoje em dia paga 8% e o empregador paga 12% somando 20% na contribuição do INSS( Instituto nacional de Seguridade Social) .Vejamos se o Trabalhador trabalhar ao longo dos 35 anos para sua aposentadoria ele sempre pagou os 8% e seu empregador os 12%; A mudança SUGERIDA Seria, que Todo Trabalhador CLT pagasse aos longos do tempo de trabalho no período de até 15 anos  1% acima dos 8% já contribuído, e após os 15 anos a contribuição voltaria a ser 8% mensalmente até sua aposentadoria.
A mudança seria até interessante pois a cada trabalhador pagando 1% ao longo de seus 15 anos trabalhado, ajudaria nas contas da previdência sem Mexer nos Anos de Contribuição , ou Idade Mínima. Pois as porcentagens de cada trabalhador ajudará manter as contas do Trabalhador sem fazer uma Reforma Drástica e penalizando todo contribuinte da Previdência Social.
Nos moldes , que Todo Trabalhador CLT pagasse aos longos do tempo de trabalho no período de até 15 anos  1% acima dos 8% já contribuído, e após os 15 anos a contribuição voltaria a ser 8% mensalmente até sua aposentadoria.
Resultado de imagem para mobilidadecotia
A mudança já passaria a Valer para todos os trabalhadores e para nos Novos contratados no regime CLT.
Desta forma solicito analise técnica junto do Setor de Planejamento e Desenvolvimento Social e Previdência.
Acredito assim poder contribuir pode contribuir para uma sociedade mais justa e assim ajudar no desenvolvimento de nosso País . 

 Aguardo respostas quanto as analise e conclusões de vossas senhoria.

Desde já agradeço Vossas Atenção e apreciações.



Comente , participe, sua participação é muito importante para uma melhor sociedade....


Obrigado por sua participação: 

Reforma da Previdência Social - INSS ?


Sou a favor à esta sugestão - sem reforma
  2 (33%)
Sou a Favor esta sugestão, mas realmente precisa desta reforma.
  0 (0%)
Sou Contra esta sugestão, e contra a reforma
  2 (33%)
Sou Contra esta sugestão, e a favor da reforma
  2 (33%)
O quê o Governo Federal aprovar tá BOM!!
  0 (0%)


Por: Carlinhos Aniceto,Blogueiro 

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

EMTU-GOVERNOSP: Projetos para transporte público na região em 2018 tem cartão especial e corredor de ônibus na Raposo Tavares

Emendas de parlamentares à Lei Orçamentária Anual 2018 querem Bilhete Único Metropolitano e mais subsídios para o sistema de ônibus da EMTU. Pela proposta original, transportes metropolitanos vão contar com R$ 9,6 bilhões. Corredor de ônibus na Raposo Tavares também está em pauta 




raposo0Apresentada em setembro pelo governador Geraldo Alckmin à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, a proposta de LOA – Lei Orçamentária Anual, de 2018, por meio do Projeto de Lei 902, de 2017, de autoria do executivo, começa a receber diversas emendas dos deputados, muitas das quais relacionadas à área de transportes públicos. Todas as propostas serão votadas ainda.
Uma das propostas é disponibilização de verbas na ordem de R$ 100 milhões para a criação do Bilhete Único Metropolitano. O cartão serviria para o pagamento de tarifas nos ônibus municipais de São Paulo, ônibus municipais de cada cidade da Grande São Paulo, ônibus intermunicipais do sistema EMTU, trens da CPTM e Metrô.
Por ser uma proposta dentro de um projeto de lei de orçamento, as questões burocráticas e como seria viabilizada a integração entre os sistemas tecnológicos não foram abordadas.

Fonte: ,por: Adamo Bazani, jornalista, especializado em transporte 

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Atenção: Linhas seletivas entre São Bernardo e o Terminal Tietê estão obrigadas a transportar idosos sem cobrança de passagem

Passageiro cuja mãe de 86 anos foi impedida de viajar procurou Ministério Público do Estado de São Paulo que determinou à Viação Imigrantes dar a isenção e à EMTU fiscalizar linhas
Viação Imigrantes já foi multada por descumprir gratuidade
As linhas seletivas de ônibus intermunicipais da EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, que ligam São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, e o Terminal Rodoviário do Tietê, na zona Norte da capital paulista, agora estão formalmente obrigadas a conceder gratuidade para passageiros com idade igual ou superior a 60 anos.
Passageiros se queixavam do fato de a empresa operadora, Viação Imigrantes, do Grupo de Baltazar José de Sousa, negar o transporte. A companhia de ônibus se baseou numa lei estadual que desobriga as companhias a concederem a gratuidade em linhas seletivas caso haja outras opções de transportes entre a origem e destino do idoso.
Mas um destes passageiros, o técnico em transportes, Marcos Galesi, ao ver que sua mãe, de 86 anos, passou constrangimento, ao ter a entrada no ônibus negada pelo motorista, decidiu procurar o Ministério Público do Estado de São Paulo, ainda no início do ano.
O 8º Promotor de Justiça de Direitos Humanos do MP-SP, Délton Esteves Pastore, abriu um inquérito para investigar a irregularidade cometida pela empresa e determinou o início da isenção.
O usuário disse ao Diário do Transporte que sua iniciativa deve servir de exemplo para mais idosos ou familiares buscarem os direitos.
“Esse resultado uma vitória de todos os idosos. É o mínimo que uma empresa deve fazer por um público que por anos e anos ajudou a construir este país. É só o começo de outras conquistas. Em vez de ficarem reclamado, todos devem procurar os seus direitos” – disse Galesi.
Em nota ao Diário do Transporte, a EMTU confirmou a isenção tarifária nas linhas entre São Bernardo do Campo e o Terminal Rodoviário do Tietê. A gerenciadora estadual ainda informou que responde a todos os questionamentos do Ministério Público sobre o assunto e ressaltou que não são todas as linhas da Grande São Paulo que concedem gratuidade
A gratuidade para as linhas seletivas somente é concedida caso não exista outra opção de transporte no serviço comum do sistema regular, para o deslocamento do interessado (Lei Estadual 15.187/2013 e parágrafo 3º do art. 39 do Estatuto do Idoso).
 A EMTU vem apresentando todas as informações solicitadas pelo Ministério Público de São Paulo, tendo esclarecido que especificamente para as linhas seletivas 217, 218, 218 EX1, e 314, operadas pela Viação Imigrantes, está prevista a gratuidade para idosos.
 A empresa operadora já foi autuada pela EMTU por descumprir a determinação. A regularização do atendimento nas linhas seletivas da Viação Imigrantes foi acompanhada por equipes de fiscalização.
 Esclarecemos também que as reclamações sobre a recusa da gratuidade nas linhas seletivas podem ser enviadas à Ouvidoria da EMTU (site www.emtu.sp.gov.br). Nesse caso, para agilizar as ações da fiscalização, é necessário apontar a linha, prefixo do veículo, local, data e horário da ocorrência, além do número do cartão.
As linha seletivas envolvidas na determinação são:
217 – São Bernardo do Campo (Conjunto Terra Nova II) / São Paulo Terminal Rodoviário do Tietê
218 – São Bernardo do Campo (Área Verde) / São Paulo Terminal Rodoviário do Tietê
218 EX1 – São Bernardo do Campo (Terminal Ferrazópolis) / São Paulo (Glicério)
218 EX2 – São Bernardo do Campo (Terminal Ferrazópolis) / São Paulo (Glicério) – via Samuel Sabatini
314 – São Bernardo do Campo (Jardim Las Palmas) / / São Paulo Terminal Rodoviário do Tietê
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
Meus Comentários:
Diante desta Determinação outras empresas Deverão fazer o mesmo, mas caso os passageiros Idosos tenham a mesma Dificuldades enfrentadas como a passageira nesta caso nas linhas da RMSP poderam também procurar o Ministério Publico de São Paulo ou até mesmo o Ministério Publico Local que terá que abrir averiguações para assim as empresas Cumprirem o Tal Estatuto do Idosos e as demais Leis pertinentes que isenta os Idosos deste pagamento de passagem nas Linhas Seletivas. O MPSP Deveria já esclarecer que essa ação envolve todas as Linhas Seletivas da RMSP em que a EMTU , gerencia, mas, senhores passageiros Procure seus Direitos, (rsrs).

Fonte: ,por: Adamo Bazani, jornalista, especializado em transporte 

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

ATENÇÃO: Fórum Trabalhista da Zona Sul muda de endereço no dia 6 de novembro 2017

Resultado de imagem para trt 2
A partir do dia 6 de novembro, o Fórum Trabalhista da Zona Sul, na capital paulista, passará a funcionar em novo endereço: av. Guido Caloi, nº 1000, Santo Amaro. As 20 varas trabalhistas e demais serviços do fórum contarão com amplo espaço físico, ocupando os blocos 2 e 3 do conjunto, com quatro andares cada.
Na solenidade de inauguração, marcada para as 17h, estarão presentes membros da administração do Tribunal, além de magistrados, servidores e advogados.
Resultado de imagem para trt 2Em razão da mudança, os prazos processuais, as audiências e o atendimento ao público ficarão suspensos nesta segunda e terça (30 e 31/10).
O novo prédio está localizado a 6 km do atual fórum, que fica na av. das Nações Unidas, 22939. O acesso é facilitado: de carro, está ao lado da Ponte Transamérica; de ônibus, perto do Terminal João Dias. Ficam próximas também estações de trem (Santo Amaro da CPTM) e metrô (linha lilás, estação Santo Amaro).
A mudança do imóvel representa, para o Tribunal, uma redução de custo de 72% ao mês com relação ao valor do prédio atual.
Fonte: TRT2 

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Laboratório da EMTU estuda sistema para cobrar tarifa proporcional ao trecho que o passageiro usar da linha de ônibus



Veículo da Metra. Empresa deve ter chat on line para passageiro durante a viagem, segundo núcleo de inovação da EMTU.
O assunto é polêmico e antigo nos transportes. É correto o passageiro que anda somente em um trecho da linha de ônibus pagar a tarifa inteira, afinal, em tese ele “usou menos o transporte”?  Ou a cobrança proporcional poderia prejudicar quem mora mais longe e, habitualmente tem renda menor, e passaria a pagar mais?
Como equilibrar os já complicados repasses e remuneração pelos serviços de transportes, cujas planilhas hoje já são confusas mesmo com tarifas únicas nas linhas? E o papel social dos transportes? Hoje, existe um subsídio cruzado nas tarifas quanto à distância percorrida: quem paga e anda pouco ajuda a deixar mais barata a passagem de quem fica mais tempo no ônibus. Por exemplo: uma tarifa de R$ 4,30, de a cobrança fosse proporcional ao uso, que anda pouco poderia pagar R$ 2,00, mas quem mora mais longe, poderia ter de desembolsar até R$ 5,50.
É justo isso?
Mas quem anda menos é obrigado a pagar por quem anda mais?
Esse equilíbrio não é o poder concedente quem deveria proporcionar?
Mas como faria isso? Por subsídios diretos? E a questão dos cofres públicos, sem dinheiro para saúde, educação e os próprios transportes, com obras insuficientes de corredores de ônibus, por exemplo, como ficaria?
A questão é tão polêmica que já foi capaz de mudar cenário eleitoral na capital paulista, numa época não muito distante.
Na campanha de 2012, o deputado Celso Russomano, que pleiteava a prefeitura de São Paulo e liderava as pesquisas de intenção de votos, apresentou uma proposta de mudar o Bilhete Único, com cobranças de tarifas diferentes de acordo com o trecho percorrido.
Numa entrevista na época, ao Jornal O Globo, cientista político Claúdio Couto, professor da Fundação Getúlio Vargas, considerou suicídio na campanha, do ponto de vista eleitoral, a proposta de Russomano de tarifar com preços diferentes os passageiros de ônibus de acordo com a distância percorrida.
 “A bala de prata, na verdade quase um suicídio, foi a proposta de tarifar o ônibus com base na distância percorrida. Foi uma proposta equivocada. Quando atacado sobre isso, a resposta dele foi vaga e isso explicitou a baixa densidade.” – disse.
Também cientista político, Antonio Carlos Almeida, autor do livro “A Cabeça do Eleitor”, disse que a proposta mostrou amadorismo eleitora de Russomano, na ocasião.
“O Bilhete Único é bem aceito pela população. Não se mexe com uma coisa dessa. O Russomanno perdeu por causa dessa ideia. A proposta mostrou que a campanha era amadora.” – explicou.
Ambos apontam a proposta como mais fatal à candidatura de Russomano a proposta de cobrar passagens de ônibus diferentes por trecho que a ligação de seu partido com a Igreja Universal do Reino de Deus, de Edir Macedo, que tem milhões de seguidores no Brasil, mas também tem milhões de pessoas que se antipatizam com a denominação neopentecostal.
O que muitos especialistas defendem é que algumas linhas, principalmente as mais extensas e as metropolitanas, possam ter faixas tarifárias controladas por meio da tecnologia.
Não é raro, ainda pelo desenho de muitos sistemas de transportes, as linhas metropolitanas serem usadas para deslocamentos municipais.
De toda a forma, enquanto as discussões sobre equilíbrios financeiros e custeios ocorrem, a tecnologia deve ser desenvolvida para oferecer soluções confiáveis, caso seja indicada a cobrança de tarifas diferenciadas por trecho em determinadas linhas de ônibus urbanos.
Jovens de stratups (empresas de inovação) e profissionais estão desenvolvendo justamente isso no [E]Lab, laboratório de tecnologia da EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, em, São Bernardo do Campo.
A iniciativa de desenvolvimento tecnológico é de uma equipe que venceu a Maratona de Inovação 2017, promovida pelo Instituto Superior de Inovação e Tecnologia –Isitec, com a coparticipação da EMTU, vinculada à Secretaria de Transportes Metropolitanos.
A proposta consiste em colocar um validador na porta de entrada dos ônibus e outro nas saídas. Inicialmente, seria descontada toda a tarifa, mas na hora de desembarcar, seria devolvido o valor proporcional ao trecho não utilizado.
Muitos logo podem bradar. “Mas eu já vi isso… isso já existe ..”. ou comentar com um simplesirônico e pouco acrescentador… “Novidade?”
Mas, a novidade é a integração de todos os dados de embarque e desembarque e das tarifas proporcionais ao GPS dos ônibus e ao Gerenciamento e Supervisão – CGS, (o CCO da EMTU) com dados transmitidos em tempo real e com maior confiabilidade.
Os sistemas anteriores testados apresentaram falhas em relação à confiabilidade dos dados. Foram registrados descompassos entre os descontos tarifários e a geolocalização dos ônibus, por exemplo.
O trabalho da equipe de desenvolvimento terá auxílio de técnicos da EMTU, da Metra e do Instituto Superior de Inovação e Tecnologia – Isitec.
FALA AÍ:
Outro projeto que está sendo desenvolvido no [E]Lab é o aplicativo de celular “Fala, aí” para passageiros da Metra, no corredor São Mateus-Jabaquara/Diadema-Brooklin.
Trata-se de uma ferramenta pela qual o passageiro poderá se comunicar com a empresa, em tempo real, durante a viagem e relatar impressões como lotação, limpeza dos ônibus e até mesmo casos de assédios.
Será um chat com resposta imediata dos funcionários. Chamado Infurbano, o aplicativo também poderá ser usado para os passageiros se informarem sobre linhas, trajetos e paradas.
A ideia é que quem tiver o software no celular se conecte no ônibus. Ao desembarcar, pela geolocalização, o programa se desconecta automaticamente. Isso evita que o celular gaste bateria sem necessidade e distorções como acionamento do chat sem os passageiros estarem no ônibus.
Como já noticiou o Diário do Transporte, no laboratório da EMTU também está sendo desenvolvido um aplicativo que mostra aos passageiros quais ônibus estão mais ou menos lotados na linha, para facilitar a escolha na hora de usar o transporte coletivo. Muitas vezes, vale mais a pena deixar um ônibus lotado passar e esperar o próximo mais vazio que já está bem perto. Mas essa decisão é difícil porque o passageiro hoje não sabe da lotação do próximo ônibus e nem sempre ao certo quando o veículo vai passar.
Relembre:
EMPRESA DE ÔNIBUS VAI BANCAR REFORMA DE LABORATÓRIO:
Inaugurado em julho deste ano, de forma improvisada, o [E]Lab, laboratório de mobilidade da EMTU, onde são desenvolvidas todas estas ideias deve passar por reforma para o espaço se tornar mais adequado.
De acordo com a coordenadora do Núcleo de Parcerias + Inovação da EMTU, Renata Veríssimo, à imprensa do Governo do Estado de São Paulo, todos os custos serão bancados pela Metra, empresa que opera ônibus e trólebus nos 45 quilômetros do sistema São Mateus-Jabaquara/Diadema-Brooklin.
“Teremos paredes envidraçadas, mobiliário ajustável a diferentes composições no ambiente e outras mudanças para tornar o espaço multiuso e estimular projetos de mobilidade urbana

Fonte: ,por: Adamo Bazani, jornalista, especializado em transporte